F1 2012 – McLaren MP4-27

Foi só eu dizer que o degrau no bico seria padrão para este ano, e a McLaren me aparece com o carro sem degrau. Provavelmente esse será o carro menos estranho no grid.

O MP4-27 foi lançado na manhã de ontem, com transmissão ao vivo através do site da equipe, cheguei a pegar um trecho da entrevista de Martin Whitmarsh, assisti cerca de cinco minutos e vi as fotos à noite no Gasparov Motorsport. As únicas mudanças visíveis foram o bico baixo, sem o degrau, as entradas de ar laterais estão “normais”, sem aquele formato da temporada passada e os retrovisores são maiores.

Esperamos para ver o desempenho nos testes de Jerez de la Frontera.

Degrau no bico deverá ser comum em 2012

Esta semana, a Caterham, antiga Lotus verde, lançou seu carro para a próxima temporada. O carro foi muito criticado por causa do degrau no bico do carro, mas lendo algumas matérias sobre o que dizem que os carros deste ano vão ter, me parece que o bico baixo é uma exigência da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), por isso os carros deste ano tendem a serem feios.

Eu digo isso por causa da afirmação de Peter Sauber:

“Por questões de aerodinâmica, o degrau no bico do carro é quase inevitável”

Além disso, de acordo com a publicação do jornal Gazetta dello Sport, o novo carro da Ferrari é feio para Luca di Montezemolo, com o bico mais baixo em relação aos modelos anteriores.

Os próximos modelos a serem apresentados são:

1º de fevereiro – McLaren (MP4-27)
3 de fevereiro – Ferrari (indefinido)
3 de fevereiro – Force India (VJM05)
6 de fevereiro – Red Bull (RB8)
6 de fevereiro – Sauber (C31)

Pneus Pirelli para 2012

A Pirelli Divulgou no último dia 24 os novos compostos para a temporada deste ano. Mudaram as cores e os compostos, que prometem ser mais eficientes e diminuir a diferença de desempenho entre os dois tipos de compostos para cerca de 0,8 segundos, e não mais 1,8s.

As cores que foram alteradas foram nos compostos intermediários, que passarão a ser verdes, e os compostos de chuva forte, que passarão a ser azuis, chamados Cinturatto, como em 1950, que os Afettas foram campeões.

Calendário 2012 – Fórmula 1

Saiu o calendário para a próxima temporada da Fórmula 1.

A lista quebra o recorde de 21 corridas na temporada, graças à volta de Estados Unidos, com a pista de Austin, e a inclusão da Índia.

11/03/12 Sakhir Bahrein
18/03/12 Melbourne Austrália
01/04/12 Sepang Malásia
08/04/12 Xangai China
22/04/12 Yeongam Coreia do Sul
06/05/12 Istambul Turquia
20/05/12 Barcelona Espanha
27/05/12 Monte Carlo Mônaco
10/06/12 Montreal Canadá
17/06/12 Austin EUA
01/07/12 Valência Europa
15/07/12 Silverstone Inglaterra
29/07/12 Hockenheim Alemanha
05/08/12 Hungaroring Hungria
02/09/12 Spa-Francorchamps Bélgica
09/09/12 Monza Itália
30/09/12 Marina Bay Cingapura
14/10/12 Suzuka Japão
28/10/12 Greater Noida Índia
11/11/12 Yas Marina Abu Dhabi
25/11/12 Interlagos Brasil

Barcelona – 2ª Etapa – Dias 2,3,4 e 5

Não sei o que houve, talvez por causa dessa pré temporada inssossa, mas esqueci completamente dos quatro últimos dias de testes, e desta vez não foi nem falta de tempo. Hoje, após o término desses treinos posto o resultado por aqui.

Dia 2

Sebastian Vettel liderou o segundo dia de testes, com o tempo de 1:21.865, seguido de Sebastien Buemi, de Toro Rosso e Vitaly Petrov de Renault. Felipe Massa foi o 5º:

1. Sebastian Vettel Red Bull 1:21.865 112 Voltas
2. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:22.396 120 Voltas
3. Vitaly Petrov Renault 1:22.670 116 Voltas
4. Lewis Hamilton McLaren 1:22.888 57 Voltas
5. Felipe Massa Ferrari 1:23.324 101 Voltas
6. Paul di Resta Force India 1:24.334 118 Voltas
7. Kamui Kobayashi Sauber 1:24.436 107 Voltas
8. Nico Rosberg Mercedes GP 1:25.807 100 Voltas
9. Jarno Trulli Lotus 1:26.090 98 Voltas
10. Pastor Maldonado Williams 1:26.989 29 Voltas
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:28.982 64 Voltas
1. Sebastian Vettel Red Bull 1:21.865 112 laps
2. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:22.396 120
3. Vitaly Petrov Renault 1:22.670 116
4. Lewis Hamilton McLaren 1:22.888 57
5. Felipe Massa Ferrari 1:23.324 101
6. Paul di Resta Force India 1:24.334 118
7. Kamui Kobayashi Sauber 1:24.436 107
8. Nico Rosberg Mercedes GP 1:25.807 100
9. Jarno Trulli Lotus 1:26.090 98
10. Pastor Maldonado Williams 1:26.989 29
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:28.982 64

Dia 3

No terceiro dia de testes, o mexicano Sergio Perez surpreendeu com sua Sauber, superando a Ferrari de Felipe Massa e a Red Bull de Mark Webber. Rubens Barrichello foi o 4º colocado:

1. Sergio Perez Sauber 1:21.761 95 Voltas
2. Felipe Massa Ferrari 1:22.092 132 Voltas
3. Mark Webber Red Bull 1:22.466 97 Voltas
4. Rubens Barrichello Williams 1:22.637 105 Voltas
5. Michael Schumacher Mercedes GP 1:22.892 89 Voltas
6. Nick Heidfeld Renault 1:23.541 32 Voltas
7. Heikki Kovalainen Lotus 1:23.990 40 Voltas
8. Vitaly Petrov Renault 1:24.233 24 Voltas
9. Adrian Sutil Force India 1:24.334 108 Voltas
10. Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:24.779 107 Voltas
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:27.336 96 Voltas

Dia 4

O quarto dia foi o dia da Mercedes, Schumacher fechou o dia com o melhor tempo da semana e Nico Rosberg fez o terceiro tempo da sessão. Entre eles ficou Fernando Alonso, com o maior número de voltas da sessão, Ruben Barrichello foi o 5º.

1. Michael Schumacher Mercedes GP 1:21.249 67 Voltas
2. Fernando Alonso Ferrari 1:21.614 141 Voltas
3. Nico Rosberg Mercedes GP 1:21.788 22 Voltas
4. Nick Heidfeld Renault 1:22.073 67 Voltas
5. Rubens Barrichello Williams 1:22.233 89 Voltas
6. Kamui Kobayashi Sauber 1:22.315 98 Voltas
7. Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:22.675 72 Voltas
8. Sebastian Vettel Red Bull 1:22.933 64 Voltas
9. Heikki Kovalainen Lotus 1:23.437 138 Voltas
10. Paul di Resta Force India 1:22.653 42 Voltas
11. Adrian Sutil Force India 1:23.921 26 Voltas

Dia 5

Hoje, o quinto dia, foi marcado por uma chuva torrencial que atingiu o autódromo, atrapalhando os planos de quem queria aproveitar as últimas voltas pra fazer seus ajustes. Na primeira metade, apenas Lewis Hamilton conseguiu completar uma volta cronometrada, à tarde a chuva diminuiu e os carros conseguiram ir à pista, mas os tempos não são nada animadores, Nico Rosberg , que fez a melhor volta, rodou 1:43.814 e apenas cinco carros foram pra pista, dos quais três marcaram tempo:

1. Nico Rosberg Mercedes GP 1:43.814 35 Voltas
2. Pastor Maldonado Williams 1:44.333 23 Voltas
3. Lewis Hamilton McLaren 1:44.560 33 Voltas
4. Michael Schumacher Mercedes GP sem tempo 5 Voltas
5. Fernando Alonso Ferrari sem tempo 5 Voltas

Barcelona, 2ª Etapa – Dia 1

Hoje começou as últimas sessões de testes da pré temporada da Fórmula 1, é hora de cada um mostrar o que vai fazer na temporada, fazer os últimos ajustes e, aí sim começar a brigar por tempos.

Foi o que a Red Bull pensou, com uma atuação não muito convincente nas outras sessões de treinos, mas logo no primeiro dia da dos últimos testes fechou o dia com o melhor dos tempos, Mark Webber cravou 1:22.544. Jenson Button foi o segundo, seguido por Vitaly Petrov

Luiz Razia, que testou pela Lotus, foi o 10º colocado:

1. Mark Webber Red Bull 1:22.544 97 Voltas
2. Jenson Button McLaren 1:22.910 74 Voltas
3. Vitaly Petrov Renault 1:22.937 27 Voltas
4. Sergio Perez Sauber 1:24.117 90 Voltas
5. Nick Heidfeld Renault 1:24.735 20 Voltas
6. Paul di Resta Force India 1:25.039 38 Voltas
7. Davide Valsecchi Lotus 1:25.406 50 Voltas
8. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:26.004 48 Voltas
9. Nico Hulkenberg Force India 1:26.030 31 Voltas
10. Luiz Razia Lotus 1:26.723 29 Voltas
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:32.060 57 Voltas

Boa, Bia!

Bia Figueiredo foi anunciada para ocupar um dos carros da Dreyer e Reinbold para a temporada de 2011, é a terceira dos pilotos brasileiros garantidos na categoria, Bia correrá com o carro número 24, ao lado de Helio Castroneves e Vitor Meira.

Pré Temporada – FW33 (2)

Aqui, eu mostrei a imagem do novo carro da Williams, na ocasião a pintura ainda era provisória, agora saiu a pintura definitiva, e eu digo, é espetacular!!

Nova pintura do FW33

Sempre achei a combinação branco-azul legal, mas o azul da Williams é diferente, talvez pelo tom mais escuro, quase marinho, com linhas que lembram os carros da década de 90, o FW33 ficou com um visual retrô.

Voltando… Barcelona, Dia 4

Com quatro dias de atraso, vou publicar meus pitacos do último dia de treino da Fórmula 1 em Barcelona, inclusive peço desculpas para os visitantes deste blog, que desde a última semana estão um pouco abandonados, não é por falta de vontade, mas sim por falta de tempo, começaram as aulas na faculdade e está cada vez mais difícil conseguir um espaço livre na agenda para escrever. Mas não se preocupem, sou brasileiro e não vou desistir, posso andar devagar, como aquele meu kart no Desafio dos Fãs, mas garanto que chego até o final!

Então vamos ao que interessa, no último dia de treinos de Barcelona, quem se deu bem foi o brasileiro Felipe Massa, cravando o tempo de 1:22.625, o mais rápido de todas as sessões, em segundo chegou Mark Webber, seguido de  Sebastien Buemi:

1. Felipe Massa Ferrari 1:22.625 121 Voltas
2. Mark Webber Red Bull 1:23.442 69 Voltas
3. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:23.550 90 Voltas
4. Nick Heidfeld Renault 1:23.657 95 Voltas
5. Lewis Hamilton McLaren 1:24.003 107 Voltas
6. Pastor Maldonado Williams 1:24.057 121 Voltas
7. Adrian Sutil Force India 1:24.177 64 Voltas
8. Sergio Perez Sauber 1:24.515 74 Voltas
9. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:26.501 50 Voltas
10. Michael Schumacher Mercedes GP 1:27.079 114 Voltas
11. Jarno Trulli Lotus 1:29.992 18 Voltas

Faltando apenas uma série de testes antes do inicio da temporada, já é possível ter uma ideia de quem vai dar andar bem, que não é novidade, Red Bull e Ferrari, quem vai dar trabalho: Toro Rosso, Renault e Williams, e quem está com problemas, Mclaren e Force India.

Barcelona, Dias 1, 2 e 3.

Me afastei um pouco do computador neste final de semana, e acabei ficando pra trás nas notícias da pré temporada, então resolvi juntar tudo num post só para voltar ao ritmo.

1º Dia

No primeiro dia de testes em Montmeló, Sebastian Vettel foi o mais rápido, virou 1:24.374 superando Fernando Alonso em 1.111s, em terceiro chegou Jaime Alguersuari, com a Toro Rosso. Narain Karthikeyan e Jerome D’Ambrosio foram quem mais andaram na pista, com 116 voltas cada um:

1. Sebastian Vettel Red Bull 1:24.374 37 Voltas
2. Fernando Alonso Ferrari 1:25.485 101 Voltas
3. Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:25.638 57 Voltas
4. Kamui Kobayashi Sauber 1:25.641 78 Voltas
5. Jenson Button McLaren 1:26.365 77 Voltas
6. Paul di Resta Force India 1:26.575 26 Voltas
7. Rubens Barrichello Williams 1:26.912 52 Voltas
8. Michael Schumacher Mercedes GP 1:27.512 90 Voltas
9. Narain Karthikeyan HRT 1:28.393 116 Voltas
10. Heikki Kovalainen Lotus 1:30.065 54 Voltas
11. Jerome d’Ambrosio Virgin 1:30.950 116 Voltas

2º Dia

No segundo dia de testes, novamente o alemão rubrotaurino chegou á frente, desta vez com um tempo melhor 1:23.315, 0.204s à frente do segundo colocado, Jaime Alguersuari, com problemas no carro, Fernando Alonso fez o terceiro tempo, neste treino, o recordista de voltas foi Rubens Barrichello, com 118 voltas e o quarto tempo, vale destacar também a aparição de um angolano na lista de tempos, Ricardo Teixeira foi o 14º colocado, último, correndo pela Lotus, com o tempo de 1:31.584, acho que foi a primeira vez que guiou um F1, nada mal para um principiante:

1. Sebastian Vettel Red Bull 1:23.315 104 Voltas
2. Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:23.519 97 Voltas
3. Fernando Alonso Ferrari 1:23.978 90 Voltas
4. Rubens Barrichello Williams 1:24.008 118 Voltas
5. Nick Heidfeld Renault 1:24.242 41 Voltas
6. Kamui Kobayashi Sauber 1:24.243 125 Voltas
7. Nico Rosberg Mercedes GP 1:24.730 131 Voltas
8. Jenson Button McLaren 1:24.923 54 Voltas
9. Paul di Resta Force India 1:25.194 80 Voltas
10. Heikki Kovalainen Lotus 1:26.421 58 Voltas
11. Vitaly Petrov Renault 1:26.884 61 Voltas
12. Vitantonio Liuzzi HRT 1:27.044 70 Voltas
13. Timo Glock Virgin 1:27.242 66 Voltas
14. Ricardo Teixeira Lotus 1:31.584 26 Voltas

3ºDia

O terceiro dia de testes foi marcado pela queda dos tempos, e mais um recorde de voltas completadas, Mark Webber cruzou a linha 139 vezes. O líder do dia foi Nico Rosberg, conseguindo a posição a apenas 18 minutos do fim do treino, fez o tempo de 1:23.168, seguido de Vitaly Petrov e Lewis Hamilton:

1. Nico Rosberg Mercedes GP 1:23.168 92 Voltas
2. Vitaly Petrov Renault 1:23.463 93 Voltas
3. Lewis Hamilton McLaren 1:23.858 93 Voltas
4. Pastor Maldonado Williams 1:24.815 60 Voltas
5. Mark Webber Red Bull 1:24.995 139 Voltas
6. Jarno Trulli Lotus 1:25.454 48 Voltas
7. Sergio Perez Sauber 1:25.557 115 Voltas
8. Adrian Sutil Force India 1:25.720 102 Voltas
9. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:26.155 31 Voltas
10. Felipe Massa Ferrari 1:26.508 123 Voltas
11. Timo Glock Virgin 1:26.598 97 Voltas