Dia Internacional da Mulher

Passei o dia pensando no que faria para homenagear as mulheres no blog, como não consegui nada diferente do tradicional, que era minha intenção, resolvi que não faria nada.

Quase no final do dia, passeando pelo Vocêtubo, como diria Flavio Gomes, achei um vídeo onde Riccardo Patrese, Italiano, ex-piloto de Fórmula 1, leva sua esposa para uma volta em Jerez de la Frontera, guiando um Honda Civic Type R.

O Vídeo é hilário, a mulher começa comentar com ele sobre uns pontos do circuito, somente até a primeira curva, onde ela percebe que a voltinha no circuito vai ser mais emocionante do que o planejado, enquanto Patrese mantém um sorriso maroto no rosto. O maior barato é quando ela percebe que está sendo filmada e cai na gargalhada, Riccardo termina o vídeo dizendo para algumas pessoas do lado de fora do carro, em italiano, que sua esposa pediu divórcio, enquanto ela sai do carro gritando “He are Crazy!!”.

Está longe de ser a homenagem adequada às grandes guerreiras, mas vale a pena conferir o vídeo.

Anúncios

Jerez, Dia 4

Mandou bem Rubens!

A quarta sessão de testes em Jerez de la Frontera era esperada, queríamos saber como Senninha iria se arrumar, pois bem, se arrumou bem, completou 68 voltas, chegou em quinto, não garantiu sua presença como piloto titular, mas provou ser um bom reserva, assim como o Sexto Homem no basquete, Senna estará a postos para agir, agora que está numa equipe de verdade.

Quem arrasou foi Rubens Barrichello, cravou 1:19.832, o melhor tempo dos testes de Jerez, mostrando que a Williams pode dar trabalho, Kamui Kobamito foi o segundo, seguido de Fernando Alonso, que novamente completou o maior número de voltas:

1 Rubens Barrichello Williams 1:19.832 103 Voltas
2 Kamui Kobayashi Sauber 1:20.601 86 Voltas
3 Fernando Alonso Ferrari 1:21.074 115 Voltas
4 Sebastien Buemi Toro Rosso 1:21.213 90 Voltas
5 Bruno Senna Renault 1:21.400 68 Voltas
6 Heikki Kovalainen Lotus 1:21.632 43 Voltas
7 Nico Rosberg Mercedes GP 1:22.103 45 Voltas
8 Sebastian Vettel Red Bull 1:22.222 90 Voltas
9 Jenson Button McLaren 1:22.278 70 Voltas
10 Jerome d’Ambrosio Virgin 1:22.985 45 Voltas
11 Paul di Resta Force India 1:23.111 99 Voltas

Jerez, Dia 2

A Mercedes GP, depois do treino de hoje, através do Alemão Michael Schumacher, mostrou que não é mais a mesma do ano passado, e superou Felipe Massa em 0,064s. A Ferrari, por sua vez foi a que mais deu voltas na pista espanhola de Jerez de la Frontera, ao todo foram 116 voltas, contra 112 de Schumacher.

Até arrisco o palpite que neste ano o domínio não pertencerá a apenas uma equipe, a julgar pelos treinos até agora, Ferrari, Mercedes GP e Red Bull devem disputar a ponta, apesar que em Jerez, a Red Bull não teve bons resultados até agora.

1 Michael Schumacher Mercedes GP 1:20.352 112 Voltas
2 Felipe Massa Ferrari 1:20.413 116 Voltas
3 Jenson Button McLaren 1:21.009 69 Voltas
4 Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:21.214 72 Voltas
5 Mark Webber Red Bull 1:21.613 113 Voltas
6 Adrian Sutil Force India 1:21.780 73 Voltas
7 Sergio Perez Sauber 1:21.857 56 Voltas
8 Timo Glock Virgin 1:22.208 57 Voltas
9 Vitaly Petrov Renault 1:22.493 65 Voltas
10 Pastor Maldonado Williams 1:22.591 37 Voltas
11 Jarno Trulli Lotus 1:23.216 40 Voltas

Amanhã é o primeiro dia do Duelo Senna-Heidfeld para ver quem ficará com o cockpit de Kubica, torço para o Brasileiro, mas acho que dá Heidfeld.

 

Jerez, Dia 1

Felipe massa mostrou que não se abalou com a fogueira de Valência, e a Ferrari mostrou resistência e bom desempenho com o F150, o brasileiro fechou 101 voltas em todo o treino e cravou a melhor volta do dia: 1:20.709, seguido pelo mexicano Sergio Perez e Mark Webber.

Lewis Hamilton, da McLaren, e Adrian Sutil, da Force India, estrearam o carro de suas equipes, terminando o treino em 5º e 7º, respectivamente.

1. Felipe Massa Ferrari 1:20.709 101 voltas
2. Sergio Perez Sauber 1:21.483 94 voltas
3. Mark Webber Red Bull 1:21.522 94 voltas
4. Daniel Ricciardo Toro Rosso 1:21.755 31 voltas
5. Lewis Hamilton McLaren 1:21.914 58 voltas
6. Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:22.689 42 voltas
7. Adrian Sutil Force India 1:23.472 28 voltas
8. Vitaly Petrov Renault 1:23.504 57 voltas
9. Nico Rosberg Mercedes GP 1:23.963 67 voltas
10. Jarno Trulli Lotus 1:24.458 54 voltas
11. Timo Glock Virgin 1:25.086 42 voltas
12. Pastor Maldonado Williams 1:34.968 13 voltas