F1 2012 – McLaren MP4-27

Foi só eu dizer que o degrau no bico seria padrão para este ano, e a McLaren me aparece com o carro sem degrau. Provavelmente esse será o carro menos estranho no grid.

O MP4-27 foi lançado na manhã de ontem, com transmissão ao vivo através do site da equipe, cheguei a pegar um trecho da entrevista de Martin Whitmarsh, assisti cerca de cinco minutos e vi as fotos à noite no Gasparov Motorsport. As únicas mudanças visíveis foram o bico baixo, sem o degrau, as entradas de ar laterais estão “normais”, sem aquele formato da temporada passada e os retrovisores são maiores.

Esperamos para ver o desempenho nos testes de Jerez de la Frontera.

2011 FORMULA 1 ETIHAD AIRWAYS ABU DHABI GRAND PRIX

Não assisti a classificação, pra falar a verdade estou uma negação na cobertura da Fórmula 1, a Correria da faculdade não me permite postar tudo quanto gostaria.

Não gosto da corrida de Abu Dhabi, é uma pista ridícula, que só foi feita para torrar o petróleo daqueles lados, mas fazer o quê? Quem paga mais manda né?

Pra variar um pouco, Vettel é pole novamente seguido das McLarens:

Pos Num Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Voltas
1 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 1:40.478 1:38.516 1:38.481 16
2 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:39.782 1:38.434 1:38.622 15
3 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 1:40.227 1:39.097 1:38.631 14
4 2 Mark Webber RBR-Renault 1:40.167 1:38.821 1:38.858 19
5 5 Fernando Alonso Ferrari 1:41.380 1:39.058 1:39.058 16
6 6 Felipe Massa Ferrari 1:41.592 1:39.623 1:39.695 20
7 8 Nico Rosberg Mercedes 1:41.120 1:39.420 1:39.773 17
8 7 Michael Schumacher Mercedes 1:42.605 1:40.554 1:40.662 18
9 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:40.595 1:40.205 1:40.768 17
10 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 1:41.064 1:40.414 No time 15
11 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 1:41.311 1:40.874 18
12 10 Vitaly Petrov Renault 1:40.955 1:40.919 18
13 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 1:41.737 1:41.009 15
14 9 Bruno Senna Renault 1:41.391 1:41.079 15
15 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 1:41.386 1:41.162 16
16 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 1:41.613 1:41.240 17
17 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 1:42.258 1:41.760 13
18 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1:42.979 11
19 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 1:43.884 11
20 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 1:44.515 9
21 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 1:44.641 9
22 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 1:44.699 8
23 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 1:45.159 8
24 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth No time 0
Q1 107% Time 1:46.766

2011 FORMULA 1 KOREAN GRAND PRIX

E hegemonia da Red Bull foi quebrada, final menta não vemos um carro azul na primeira posição. Grande coisa, agora que os azuis já têm o título, não importa mais quem vai largar na frente.

Achei a classificação fraca, talvez pela definição do título,o treino não teve o brilho habitual. Os Brasileiros não foram bem, Barrichello ficou no Q1, vai largar em 18º. Bruno Senna não fez uma boa volta no Q2 e larga em 15º, o melhorzinho foi Felipe Massa que vai largar à frente de Alonso novamente, acho que não faz diferença, provavelmente o espanhol termina na frente. o Pole desta vez é Lewis Hamilton, Vettel é o segundo e Button o Terceiro

O grid para amanhã, a largada será às 4h:

Pos Num Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Voltas
1 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:37.525 1:36.526 1:35.820 14
2 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 1:39.093 1:37.285 1:36.042 12
3 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 1:37.929 1:37.302 1:36.126 14
4 2 Mark Webber RBR-Renault 1:39.071 1:37.292 1:36.468 11
5 6 Felipe Massa Ferrari 1:38.670 1:37.313 1:36.831 16
6 5 Fernando Alonso Ferrari 1:38.393 1:37.352 1:36.980 11
7 8 Nico Rosberg Mercedes 1:38.426 1:37.892 1:37.754 12
8 10 Vitaly Petrov Renault 1:38.378 1:38.186 1:38.124 19
9 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 1:38.549 1:38.254 ——— 16
10 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:38.789 1:38.219 ——— 14
11 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 1:39.392 1:38.315 11
12 7 Michael Schumacher Mercedes 1:38.502 1:38.354 9
13 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 1:39.352 1:38.508 11
14 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 1:39.464 1:38.775 13
15 9 Bruno Senna Renault 1:39.316 1:38.791 14
16 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 1:39.436 1:39.189 8
17 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 1:39.097 1:39.443 14
18 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1:39.538 4
19 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1:40.522 6
20 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 1:41.101 6
21 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 1:42.091 7
22 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 1:43.483 8
23 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 1:43.758 8
DNQ 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth ———- 2
Q1 107% 1:44.351

 

FORMULA 1 GRAN PREMIO SANTANDER D’ITALIA 2011

Aconteceu neste fim de semana, não assisti a corrida inteira, por isso é difícil comentar algo, mas assisti o suficiente para dizer que foi ótima.

Primeiro, fiquei feliz ao ver a classificação de Bruno Senna, décimo colocado, isso porque economizou seus pneus e não marcou tempo no Q3, a corrida prometia. Quando acordei no domingo, corri para  checar o Live Timing, pois a corrida já havia começado, vi o Bruno no fim da fila com uma parada e já pensei que ele teria se envolvido em algum acidente na largada novamente, mas ao ligar a TV, vi que na verdade foi uma estratégia, e uma ótima estratégia, diga-se.

Outro espetáculo foi ver a briga de Schumacher e Hamilton, não sei porque o carro do inglês não passava dos 330 km/h, exatamente a mesma velocidade do alemão, a asa móvel não adiantava nada, e quando Hamilton conseguiu ultrapassá-lo, Schumacher contornou melhor a curva e retomou a posição. Isso perdurou até algumas voltas após a primeira rodada de Pit Stops.

Assim que Lewis Hamilton passou Schumacher, precisei sair e só fiquei sabendo resultado algumas horas depois:

Pos No Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pts
1 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 53 1:20:46.172 1 25
2 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 53 +9.5 secs 3 18
3 5 Fernando Alonso Ferrari 53 +16.9 secs 4 15
4 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 53 +17.4 secs 2 12
5 7 Michael Schumacher Mercedes 53 +32.6 secs 8 10
6 6 Felipe Massa Ferrari 53 +42.9 secs 6 8
7 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 52 +1 Lap 18 6
8 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 52 +1 Lap 11 4
9 9 Bruno Senna Renault 52 +1 Lap 10 2
10 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 52 +1 Lap 16 1
11 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 52 +1 Lap 14
12 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 52 +1 Lap 13
13 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 51 +2 Laps 20
14 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 51 +2 Laps 19
15 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 51 +2 Laps 21
NC 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 39 +14 Laps 23
Ret 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 32 Gearbox 15
Ret 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 21 Gearbox 17
Ret 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 9 Steering 12
Ret 2 Mark Webber RBR-Renault 4 Accident 5
Ret 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 1 Gearbox 22
Ret 10 Vitaly Petrov Renault 0 Accident 7
Ret 8 Nico Rosberg Mercedes 0 Accident 9
Ret 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 0 Accident 24

Vettel em primeiro, não é novidade. Schumacher em quinto é inusitado, considerando a situação que se encontra a Mercedes, o destaque mesmo foi para os quatro últimos a pontuar, Alguersuari, di Resta, Bruno Senna e Buemi fizeram bonito, especialmente o brasileiro, que com esse resultado pode abrir muitas portas, basta manter esse desempenho nas próximas seis corridas do campeonato e o contrato estará assinado.

Grande Prêmio da Hungria

Peço desculpas aos leitores, tive um “contratempo” na última sexta feira que me deixou de castigo no leito de um hospital e não consegui atualizar o blog, ontem voltei à ativa e não era só o blog que estava desatualizado, então essa é a hora que consegui parar para comentar a corrida. A vantagem, se é que pode-se considerar, foi que não tive problemas para assisir o treino classificatório nem a corrida.

Na Classificação, eu estava crente que Hamilton quebraria a sequência a Red Bull e levaria a pole, mas, pra variar, Sebastian Vettel tirou sua carta da manga e prorogou a invencibilidade dos Rubrotaurinos.

O início da corrida foi ótimo para aqueles pilotos da escola Senna, que sabem guiar um carro na ponta dos dedos no piso molhado, dava agonia vê-los tentando acelerar e o carro rabeando, quase uma terra de ninguém, a Fórmula 1 leenta, numa dessas Felipe Massa rodou, danificou o carro e comprometeu a corrida.

A chuva parou e a briga pela liderança começou, com Hamilton, Vettel, Alonso e Button no Páreo, a briga boa era entre as Mclarens, até o Hamiton fazer uma cagada – Rodou na chicane, parou no meio da pista e realizou a manobra para girar o carro e retomar a corrida sem se preocupar com quem vinha atrás – que resultou num Drive Through e a Mclaren fazer outra cagada por cima – A equipe chamou o inglês para os pits para colocar pneus intermediários quando a pista ameaçava molhar, duas voltas depois precisou voltar para repos os pneus slick – deixando-o para brigar com Mark Webber pela quarta posição, onde terminou a corrida, bom para jenson Button que só precisou administrar, já que a Red Bull de Vettel não estava lá essas coisas, e Fernando Alonso, apesar do apetite não tinha muito o que fazer.

Eu gostei da corrida, depois fiquei sabendo que foi o recorde de paradas, foram 85 paradas em 70 voltas, o líderes foram Lewis Hamilton, Rubens Barrichello, Pastor Maldonado, Vitantinio Liuzzi e Heikki Kovalainen, com cinco paradas cada.

Pos No Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pts
1 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 70 1:46:42.337 3 25
2 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 70 +3.5 secs 1 18
3 5 Fernando Alonso Ferrari 70 +19.8 secs 5 15
4 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 70 +48.3 secs 2 12
5 2 Mark Webber RBR-Renault 70 +49.7 secs 6 10
6 6 Felipe Massa Ferrari 70 +83.1 secs 4 8
7 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 69 +1 Lap 11 6
8 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 69 +1 Lap 23 4
9 8 Nico Rosberg Mercedes 69 +1 Lap 7 2
10 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 69 +1 Lap 16 1
11 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 69 +1 Lap 13
12 10 Vitaly Petrov Renault 69 +1 Lap 12
13 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 68 +2 Laps 15
14 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 68 +2 Laps 8
15 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 68 +2 Laps 10
16 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 68 +2 Laps 17
17 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 66 +4 Laps 20
18 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 66 +4 Laps 22
19 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 65 +5 Laps 24
20 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 65 +5 Laps 21
Ret 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 55 Water leak 18
Ret 7 Michael Schumacher Mercedes 26 Gearbox 9
Ret 9 Nick Heidfeld Renault 23 Fire 14
Ret 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 17 Water leak 19

FORMULA 1 GROSSER PREIS SANTANDER VON DEUTSCHLAND 2011 (2)

Êê Fórmula 1!! Finalmente você ficou boa pra assistir! Tomara que as próximas corridas mantenham essa média. Escrevo com esse entusiasmo pois fiquei sabendo que a briga pela liderança durou as sessenta voltas! A Corrida toda!

Não consegui assistir a corrida na íntegra, acompanhei a metade dela, o “primeiro tempo”. Felipe Massa foi quem mais me empolgou, apesar de ter ficado tanto tempo atrás de Nico Rosberg, fez uma ótima corrida, considerando as circunstâncias atuais, o engenheiro só pecou em deixar a decisão da corrida na mão dos mecânicos, eles são tão bons que conseguiram perder uma porca durante a última parada, Felipe deveria saber, ele é zicado com pitstops, a Ferrari é zicada com pitstops, pra quê parar na última volta!?

Em briga equilibrada, vence quem tem mais braço. Não deu outra, Hamilton e Alonso desbancaram Mark Webber e formaram a primeira fila, só estranhei que Sebastian Vettel ficou apagado, brigando com Massa pela quinta posição, é estranho não ver a Red Bull na frente. Rubens Barrichello fez uma corrida tão boa que não apareceu nem na transmissão, abandonou a prova na décima sexta volta para poupar o motor… triste.

Abaixo, o resultado da corrida, todos já sabem, mas vá lá:

Pos No Driver Team Laps Time/Retired Grid Pts
1 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 60 1:37:30.334 2 25
2 5 Fernando Alonso Ferrari 60 +3.9 secs 4 18
3 2 Mark Webber RBR-Renault 60 +9.7 secs 1 15
4 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 60 +47.9 secs 3 12
5 6 Felipe Massa Ferrari 60 +52.2 secs 5 10
6 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 60 +86.2 secs 8 8
7 8 Nico Rosberg Mercedes 59 +1 Lap 6 6
8 7 Michael Schumacher Mercedes 59 +1 Lap 10 4
9 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 59 +1 Lap 17 2
10 10 Vitaly Petrov Renault 59 +1 Lap 9 1
11 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 59 +1 Lap 15
12 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 59 +1 Lap 16
13 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 59 +1 Lap 12
14 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 59 +1 Lap 13
15 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 59 +1 Lap 24
16 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 58 +2 Laps 18
17 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 57 +3 Laps 19
18 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 57 +3 Laps 21
19 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 57 +3 Laps 22
20 21 Karun Chandhok Lotus-Renault 56 +4 Laps 20
Ret 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 37 Electrical 23
Ret 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 35 Hydraulics 7
Ret 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 16 Oil leak 14
Ret 9 Nick Heidfeld Renault 9 Accident 11

FORMULA 1 GROSSER PREIS SANTANDER VON DEUTSCHLAND 2011

Agora, na metade do campeonato começam as reações. Vettel não fez a Pole novamente, desta vez vai largar em terceiro, atrás de Lewis Hamilton, que, pelo resultado, parece ter recuperado os 0,8s que perdeu na última corrida. Mark Webber foi o astro do dia, 1:30.079 foi seu tempo, e vai largar na pole amanhã.

Mark Webber (Foto: Sutton Images)

Fernando Alonso correu bem, mas não conseguiu fazer muita coisa, larga na quarta posição, Massa larga logo atrás. Rubens Barrichello é o décimo quarto, atrás, novamente, de Pastor Maldonado:

Pos No Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Voltas
1 2 Mark Webber RBR-Renault 1:33.096 1:31.311 1:30.079 18
2 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:32.934 1:30.998 1:30.134 15
3 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 1:32.973 1:31.017 1:30.216 16
4 5 Fernando Alonso Ferrari 1:32.916 1:31.150 1:30.442 16
5 6 Felipe Massa Ferrari 1:31.826 1:31.582 1:30.910 19
6 8 Nico Rosberg Mercedes 1:32.785 1:31.343 1:31.263 22
7 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 1:33.224 1:31.532 1:31.288 14
8 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:32.286 1:31.809 1:32.010 18
9 10 Vitaly Petrov Renault 1:33.187 1:31.985 1:32.187 16
10 7 Michael Schumacher Mercedes 1:32.603 1:32.180 1:32.482 18
11 9 Nick Heidfeld Renault 1:32.505 1:32.215 16
12 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 1:32.651 1:32.560 15
13 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 1:33.003 1:32.635 13
14 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1:33.664 1:33.043 18
15 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 1:33.295 1:33.176 14
18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 1:33.635 1:33.698 11
17 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 1:33.658 1:33.698 11
18 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 1:33.786 5
19 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1:35.599 9
20 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 1:36.400 12
21 21 Karun Chandhok Lotus-Renault 1:36.422 11
22 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 1:36.641 12
23 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 1:37.011 11
24 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 1:37.036 11
Q1 107% Time 1:38.253

A largada será dada às 9h, horário de Brasília.

2011 FORMULA 1 SANTANDER BRITISH GRAND PRIX

Finalmente conseguiram quebrar a invencibilidade da Red Bull, na verdade não conseguiram quebrar realmente, Fernando Alonso venceu a corrida no erro do segundo Pit Stop.

Hoje Sebastian Vettel foi o segundo colocado, sendo pressionado nas últimas voltas por Mark Webber, que tinha o melhor carro na ocasião. Houve a ordem da equipe para Webber tirar o pé e manter a diferença, fato muito criticado pelo piloto, que afirma não ter obedecido a ordem.

O que acho engraçado é que no ano passado a briga era muito mais importante do que essa, a disputa pelo título, e Fernando Alonso estava muito mais próximo na pontuação geral, mas Christian Horner, o mesmo a dar a ordem de hoje, disse para Deus e o mundo que não iria dar ordem para troca de posições em nenhum momento, colocando o título de Vettel, queridinho da equipe, em risco. O que aconteceu com aquele cara do ano passado? São atitudes como essa que ofuscam o brilho da categoria, me surpreende não ter sido a Ferrari desta vez.

E por falar em Ferrari, tirando o erro da Red Bull, Fernando fez uma ótima corrida e tirou a equipe da seca que durava esde o GP da Coréia no ano passado. Eu poderia falar que ele ganhou a corrida “no braço”, pode até ser, mas acho que finalmente a Ferrari está se acertando, Felipe Massa terminou a corrida em quinto, quase roubando a quarta posição de Lewis Hamilton, que precisou economizar combustível para evitar uma pane seca.

Destaque para Sergio Perez, largou em décimo segundo e recebeu a bandeirada em sétimo,  Jaime Alguersuari largando em décimo oitavo e cruzando a linha em décimo. Rubens Barrichello foi o décimo terceiro e Daniel Ricciardo, estreando na categoria, guiando uma Hispania, foi o décimo nono, a três voltas do líder.

Pos No Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pts
1 5 Fernando Alonso Ferrari 52 1:28:41.196 3 25
2 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 52 +16.5 secs 2 18
3 2 Mark Webber RBR-Renault 52 +16.9 secs 1 15
4 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 52 +28.9 secs 10 12
5 6 Felipe Massa Ferrari 52 +29.0 secs 4 10
6 8 Nico Rosberg Mercedes 52 +60.6 secs 9 8
7 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 52 +65.5 secs 12 6
8 9 Nick Heidfeld Renault 52 +75.5 secs 16 4
9 7 Michael Schumacher Mercedes 52 +77.9 secs 13 2
10 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 52 +79.1 secs 18 1
11 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 52 +79.7 secs 11
12 10 Vitaly Petrov Renault 52 +80.6 secs 14
13 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 51 +1 Lap 15
14 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 51 +1 Lap 7
15 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 51 +1 Lap 6
16 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 50 +2 Laps 20
17 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 50 +2 Laps 22
18 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 50 +2 Laps 23
19 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 49 +3 Laps 24
Ret 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 39 Roda Solta 5
Ret 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 25 Acidente 19
Ret 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 23 Perda de Óleo 8
Ret 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 10 Perda de Óleo 21
Ret 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 2 Câmbio 17

2011 FORMULA 1 GRAND PRIX OF EUROPE

Sete corridas na temporada, Valência é a oitava, Oito poles da Red Bull, das quais sete são de Sebastian Vettel. A última conquistada na manhã de hoje, no circuito espanhol.

Vettel no segundo treino livre (Foto: Sutton Images)

Vettel dominou, novamente, os três períodos de classificação. No Q3, os rivais esboçaram uma reação. Hamilton foi o mais rápido até o alemão sair pra pista e marcar seu tempo… 0.405s mais rápido que o inglês. Não adiantou nada a proibição do mapeamento do

Posição Piloto Pais Equipe Tempo
Sebastian Vettel Alemanha Red Bull Racing 1:36.975
Mark Webber Austrália Red Bull Racing 1:37.163
Lewis Hamilton Inglaterra McLaren 1:37.380
Fernando Alonso Espanha Ferrari 1:37.454
Felipe Massa Brasil Ferrari 1:37.535
Jenson Button Inglaterra McLaren 1:37.654
Nico Rosberg Alemanha Mercedes 1:38.231
Michael Schumacher Alemanha Mercedes 1:38.240
Nick Heidfeld Alemanha Lotus Renault 1:38.781
10º Adrian Sutil Alemanha Force India 0.000
11º Vitaly Petrov Rússia Lotus Renault 1:39.068
12º Paul di Resta Escócia Force India 1:39.422
13º Rubens Barrichello Brasil Williams 1:39.489
14º Kamui Kobayashi Japão Sauber 1:39.525
15º Pastor Maldonado Venezuela Williams 1:39.645
16º Sergio Pérez México Sauber 1:39.657
17º Sébastien Buemi Suíça Toro Rosso 1:39.679
18º Jaime Alguersuari Espanha Toro Rosso 1:40.232
19º Heikki Kovalainen Finlândia Lotus 1:41.664
20º Jarno Trulli Itália Lotus 1:42.234
21º Timo Glock Alemanha Marussia Virgin 1:42.553
22º Vitantonio Liuzzi Itália Hispania 1:43.584
23º Jérome D’Ambrosio Bélgica Marussia Virgin 1:43.735
24º Narain Karthikeyan Índia Hispania 1:44.363

Le Mans e Montreal (2) – Atrasado

Se fosse ver, eu nem precisaria escrever sobre as corridas, já é quinta feira, todos já comentaram as duas corridas, eu quase não consigo publicar meu texto. Acho que se passasse de hoje não ia mais compensar escrever.

Mas vamos ao que interessa, não consegui assistir a Fórmula 1 ao vivo, ainda bem, pois por causa da chuva a corrida foi paralisada por 2 horas. Assisti o VT na SporTV, mas que corrida! Uma das mais empolgantes que já assisti, Hamilton mostrou suas asinhas logo nas primeiras voltas e abandonou a corrida na 7ª volta.
O cara para quem eu tiro meu chapéu foi Jenson Button, que ganhou a corrida na unha, com uma disputa eletrizante com Sebastian Vettel, que errou na última volta, quase rodou, e ficou na segunda posição.

Felipe Massa tinha tudo para fazer uma ótima corrida, largou em terceiro e Alonso já havia abandonado a corrida, quando a pista estava secando, colocou pneus Slick, mas encontrou Narain Karthikeyan na saída dos boxes, saiu da trilha, rodou e bateu no muro, quebrando o bico do carro, (Acho que ele esqueceu que fora da trilha, os pneus slick não têm aderência, e ainda esperneia dizendo que a culpa foi de Karthikeyan, que lutava para manter sua Hispania estável, por estar na trilha), ainda se recuperou e terminou em 9º, com uma ultrapassagem em cima de Kobayashi na linha de chegada:

Pos No Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pts
1 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 70 4:04:39.537 7 25
2 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 70 +2.7 secs 1 18
3 2 Mark Webber RBR-Renault 70 +13.8 secs 4 15
4 7 Michael Schumacher Mercedes 70 +14.2 secs 8 12
5 10 Vitaly Petrov Renault 70 +20.3 secs 10 10
6 6 Felipe Massa Ferrari 70 +33.2 secs 3 8
7 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 70 +33.2 secs 13 6
8 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 70 +35.9 secs 18 4
9 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 70 +45.1 secs 16 2
10 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 70 +47.0 secs 15 1
11 8 Nico Rosberg Mercedes 70 +50.4 secs 6
12 17 Pedro de la Rosa Sauber-Ferrari 70 +63.6 secs 17
13 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 69 +1 Lap 21
14 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 69 +1 Lap 24
15 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 69 +1 Lap 22
16 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 69 +1 Lap 19
17 22 Narain Karthikeyan HRT-Cosworth 69 +1 Lap 23
18 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 67 Accident 11
Ret 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 61 Spun off 12
Ret 9 Nick Heidfeld Renault 55 Accident 9
Ret 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 49 Accident 14
Ret 5 Fernando Alonso Ferrari 36 Accident 2
Ret 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 28 Driveshaft 20
Ret 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 7 Accident 5

Em Le Mans, como era de se esperar a Audi levou a melhor, segundo as palavras de Flavio Gomes:

“O R18 TDI da Audi que venceu ontem em Le Mans, a décima vitória das quatro argolas em 13 anos, já é um daqueles carros candidatos a entrar para a galeria de monstrengos da história do automobilismo. No bom sentido. Dá até medo de olhar para ele, como dava medo o urro dos quattro no Mundial de Rali nos anos 80. Vai fazer companhia, nos anais, aos Porsche 917, aos GT40, aos Peugeot 905 e outros tantos que enchem os olhos dos que gostam de corridas.[…]”

Foram vários acidentes, mas o que mais me impressionou foi o de Allan McNish, que bateu no começo da corrida, ele pilotava um R18, modelo que venceu a prova: