FIFA Word Cup (2)

A minha intenção era comentar todos os jogos, mas sou um pobre mortal e não tive tempo de assistir os jogos. por isso vou postar apenas os que consegui assistir:

Alemanha 4 x 0 Austrália

A Austrália assustou no começo, com um ataque repentino que quase resultou no primeiro gol do jogo. A partir daí, a Alemanha dominou, começou a tocar a bola de lado, parecia ser um jogo chato, mas foi um dos melhores que já assisti. A equipe alemã trabalhou a bola, estudando o adversário, e aos 8′ saiu o primeiro gol. Uma bomba chutada por Podolski na posta esquerda da grande área. Foi a seleção com o resultado mais animador da copa.

Brasil 2 x 1 Coreia do Norte

A tão esperada estreia da seleção não animou. A seleção norte coreana fez um muro à frente do gol e nenhuma jogada dava certo, e foi assim durante todo o primeiro tempo. Quando os jogadores voltaram conseguiram armar um pouco melhor as jogadas, Maicon chegou à lateral do campo e, onde deveria cruzar, chutou, pegando a zaga e o goleiro de surpresa, um gol impossível lindo. O segundo gol foi de Elano, que recebeu o passe de Robinho e tocou na saída do goleiro.

Começamos bem, uma vitória na estreia é ótimo, mas se a seleção manter esse nível, não chegará muito longe…

Anúncios

FIFA World Cup

Os supersticiosos de plantão não gostarão da ideia de torcer para Massa e para Seleção Brasileira ao mesmo tempo.

Isso porque o país campeão nunca coincidiu com o Campeão da F1:

Ano Campeão da F-1 (país) Campeão da Copa do Mundo
1950 Giuseppe Farina (Itália) Uruguai
1954 Juan Manuel Fangio (Argentina) Alemanha
1958 Mike Hawthorn (Inglaterra) Brasil
1962 Graham Hill (Inglaterra) Brasil
1966 Jack Brabham (Austrália) Inglaterra
1970 Jochen Rindt (Áustria) Brasil
1974 Emerson Fittipaldi (Brasil) Alemanha
1978 Mario Andretti (EUA) Argentina
1982 Keke Rosberg (Finlândia) Itália
1986 Alain Prost (França) Argentina
1990 Ayrton Senna (Brasil) Alemanha
1994 Michael Schumacher (Alemanha) Brasil
1998 Mika Hakkinen (Finlândia) França
2002 Michael Schumacher (Alemanha) Brasil
2006 Fernando Alonso (Espanha) Itália

Se a Ferrari continuar como está, o tabu vai continuar por mais 4 anos…