Barcelona – 2ª Etapa – Dias 2,3,4 e 5

Não sei o que houve, talvez por causa dessa pré temporada inssossa, mas esqueci completamente dos quatro últimos dias de testes, e desta vez não foi nem falta de tempo. Hoje, após o término desses treinos posto o resultado por aqui.

Dia 2

Sebastian Vettel liderou o segundo dia de testes, com o tempo de 1:21.865, seguido de Sebastien Buemi, de Toro Rosso e Vitaly Petrov de Renault. Felipe Massa foi o 5º:

1. Sebastian Vettel Red Bull 1:21.865 112 Voltas
2. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:22.396 120 Voltas
3. Vitaly Petrov Renault 1:22.670 116 Voltas
4. Lewis Hamilton McLaren 1:22.888 57 Voltas
5. Felipe Massa Ferrari 1:23.324 101 Voltas
6. Paul di Resta Force India 1:24.334 118 Voltas
7. Kamui Kobayashi Sauber 1:24.436 107 Voltas
8. Nico Rosberg Mercedes GP 1:25.807 100 Voltas
9. Jarno Trulli Lotus 1:26.090 98 Voltas
10. Pastor Maldonado Williams 1:26.989 29 Voltas
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:28.982 64 Voltas
1. Sebastian Vettel Red Bull 1:21.865 112 laps
2. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:22.396 120
3. Vitaly Petrov Renault 1:22.670 116
4. Lewis Hamilton McLaren 1:22.888 57
5. Felipe Massa Ferrari 1:23.324 101
6. Paul di Resta Force India 1:24.334 118
7. Kamui Kobayashi Sauber 1:24.436 107
8. Nico Rosberg Mercedes GP 1:25.807 100
9. Jarno Trulli Lotus 1:26.090 98
10. Pastor Maldonado Williams 1:26.989 29
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:28.982 64

Dia 3

No terceiro dia de testes, o mexicano Sergio Perez surpreendeu com sua Sauber, superando a Ferrari de Felipe Massa e a Red Bull de Mark Webber. Rubens Barrichello foi o 4º colocado:

1. Sergio Perez Sauber 1:21.761 95 Voltas
2. Felipe Massa Ferrari 1:22.092 132 Voltas
3. Mark Webber Red Bull 1:22.466 97 Voltas
4. Rubens Barrichello Williams 1:22.637 105 Voltas
5. Michael Schumacher Mercedes GP 1:22.892 89 Voltas
6. Nick Heidfeld Renault 1:23.541 32 Voltas
7. Heikki Kovalainen Lotus 1:23.990 40 Voltas
8. Vitaly Petrov Renault 1:24.233 24 Voltas
9. Adrian Sutil Force India 1:24.334 108 Voltas
10. Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:24.779 107 Voltas
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:27.336 96 Voltas

Dia 4

O quarto dia foi o dia da Mercedes, Schumacher fechou o dia com o melhor tempo da semana e Nico Rosberg fez o terceiro tempo da sessão. Entre eles ficou Fernando Alonso, com o maior número de voltas da sessão, Ruben Barrichello foi o 5º.

1. Michael Schumacher Mercedes GP 1:21.249 67 Voltas
2. Fernando Alonso Ferrari 1:21.614 141 Voltas
3. Nico Rosberg Mercedes GP 1:21.788 22 Voltas
4. Nick Heidfeld Renault 1:22.073 67 Voltas
5. Rubens Barrichello Williams 1:22.233 89 Voltas
6. Kamui Kobayashi Sauber 1:22.315 98 Voltas
7. Jaime Alguersuari Toro Rosso 1:22.675 72 Voltas
8. Sebastian Vettel Red Bull 1:22.933 64 Voltas
9. Heikki Kovalainen Lotus 1:23.437 138 Voltas
10. Paul di Resta Force India 1:22.653 42 Voltas
11. Adrian Sutil Force India 1:23.921 26 Voltas

Dia 5

Hoje, o quinto dia, foi marcado por uma chuva torrencial que atingiu o autódromo, atrapalhando os planos de quem queria aproveitar as últimas voltas pra fazer seus ajustes. Na primeira metade, apenas Lewis Hamilton conseguiu completar uma volta cronometrada, à tarde a chuva diminuiu e os carros conseguiram ir à pista, mas os tempos não são nada animadores, Nico Rosberg , que fez a melhor volta, rodou 1:43.814 e apenas cinco carros foram pra pista, dos quais três marcaram tempo:

1. Nico Rosberg Mercedes GP 1:43.814 35 Voltas
2. Pastor Maldonado Williams 1:44.333 23 Voltas
3. Lewis Hamilton McLaren 1:44.560 33 Voltas
4. Michael Schumacher Mercedes GP sem tempo 5 Voltas
5. Fernando Alonso Ferrari sem tempo 5 Voltas
Anúncios

Barcelona, 2ª Etapa – Dia 1

Hoje começou as últimas sessões de testes da pré temporada da Fórmula 1, é hora de cada um mostrar o que vai fazer na temporada, fazer os últimos ajustes e, aí sim começar a brigar por tempos.

Foi o que a Red Bull pensou, com uma atuação não muito convincente nas outras sessões de treinos, mas logo no primeiro dia da dos últimos testes fechou o dia com o melhor dos tempos, Mark Webber cravou 1:22.544. Jenson Button foi o segundo, seguido por Vitaly Petrov

Luiz Razia, que testou pela Lotus, foi o 10º colocado:

1. Mark Webber Red Bull 1:22.544 97 Voltas
2. Jenson Button McLaren 1:22.910 74 Voltas
3. Vitaly Petrov Renault 1:22.937 27 Voltas
4. Sergio Perez Sauber 1:24.117 90 Voltas
5. Nick Heidfeld Renault 1:24.735 20 Voltas
6. Paul di Resta Force India 1:25.039 38 Voltas
7. Davide Valsecchi Lotus 1:25.406 50 Voltas
8. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:26.004 48 Voltas
9. Nico Hulkenberg Force India 1:26.030 31 Voltas
10. Luiz Razia Lotus 1:26.723 29 Voltas
11. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:32.060 57 Voltas

Voltando… Barcelona, Dia 4

Com quatro dias de atraso, vou publicar meus pitacos do último dia de treino da Fórmula 1 em Barcelona, inclusive peço desculpas para os visitantes deste blog, que desde a última semana estão um pouco abandonados, não é por falta de vontade, mas sim por falta de tempo, começaram as aulas na faculdade e está cada vez mais difícil conseguir um espaço livre na agenda para escrever. Mas não se preocupem, sou brasileiro e não vou desistir, posso andar devagar, como aquele meu kart no Desafio dos Fãs, mas garanto que chego até o final!

Então vamos ao que interessa, no último dia de treinos de Barcelona, quem se deu bem foi o brasileiro Felipe Massa, cravando o tempo de 1:22.625, o mais rápido de todas as sessões, em segundo chegou Mark Webber, seguido de  Sebastien Buemi:

1. Felipe Massa Ferrari 1:22.625 121 Voltas
2. Mark Webber Red Bull 1:23.442 69 Voltas
3. Sebastien Buemi Toro Rosso 1:23.550 90 Voltas
4. Nick Heidfeld Renault 1:23.657 95 Voltas
5. Lewis Hamilton McLaren 1:24.003 107 Voltas
6. Pastor Maldonado Williams 1:24.057 121 Voltas
7. Adrian Sutil Force India 1:24.177 64 Voltas
8. Sergio Perez Sauber 1:24.515 74 Voltas
9. Jerome D’Ambrosio Virgin 1:26.501 50 Voltas
10. Michael Schumacher Mercedes GP 1:27.079 114 Voltas
11. Jarno Trulli Lotus 1:29.992 18 Voltas

Faltando apenas uma série de testes antes do inicio da temporada, já é possível ter uma ideia de quem vai dar andar bem, que não é novidade, Red Bull e Ferrari, quem vai dar trabalho: Toro Rosso, Renault e Williams, e quem está com problemas, Mclaren e Force India.