Foto de Radar (11) – DeLorean

Estou devendo essa publicação para meu amigo e fiel colaborador deste Blog, Rafael Franceschini, que registrou essas imagens em Santo André.

DeLorean (Foto: Rafael Franceschini/Gasparov Images)

DeLorean (Foto: Rafael Franceschini/Gasparov Images)

O centro das atenções é o DeLorean, mas não pude deixar de notar o Del Rey posicionado estrategicamente para dar um toque especial…

Anúncios

Para você estar repassando….

Há alguns anos ganhei o Livro “As Cem Melhores Crônicas Brasileiras”, de Joaquim Ferreira dos Santos, cheguei a ler algumas crônicas, mas não dei a atenção devida a ele, aliás, é o que geralmente tenho feito com os livros que começo a ler, quando era mais novo não os lia porque preferia o computador com meus jogos de corrida, lia apenas alguns capítulos e logo o livro estava de volta à prateleira. Hoje não consigo ler porque tenho que encaixar o serviço, a faculdade, o blog, e outros afazeres que parecem brotar com o único objetivo de consumir tempo, não sei como ainda arrumo tempo para jogar uma ou outra corrida no F1 2011.

Essa semana fiz minha última prova do semestre na faculdade. Legal? Nem tanto, na minha empresa não temos férias coletivas e não temos certeza se vamos parar dia 30, então a correria continua. Mas a parte do tempo que normalmente seria consumida pelo trânsito e afazeres universitários está livre, e espero reanimar este blog que travou no lamentável incidende da Indy que causou a morte de Dan Wheldon, em outubro. Enfim, ao revirar o guarda roupa, achei o livro, dei uma folheada e achei a crônica de Ricardo Freire que intitula este post, trata daquilo que está na lista do que mais me irrita nos atendentes, o Gerundismo.

       “Este artigo foi feito especialmente para que você possa estar recortando e possa estar deixando discretamente sobre a mesa de alguém que não consiga estar falando sem estar espalhando essa praga terrível da comunicação moderna, o gerundismo.
        Você pode também estar passando por fax, estar mandando pelo correio ou estar enviando pela internet.
O importante é estar garantindo que a pessoa em questão vá estar recebendo esta mensagem, de modo que ela possa estar lendo e, quem sabe, consiga até mesmo estar se dando conta da maneira como tudo o que ela costuma estar falando deve estar soando nos ouvidos de quem precisa estar escutando.
        Sinta-se livre para estar fazendo tantas cópias quantas você vá estar achando necessárias, de modo a estar atingindo o maior número de pessoas infectadas por esta epidemia de transmissão oral.
        Mais do que estar repreendendo ou estar caçoando, o objetivo deste movimento é estar fazendo com que esteja caindo a ficha das pessoas que costumam estar falando desse jeito sem estar percebendo.
        Nós temos que estar nos unindo para estar mostrando a nossos interlocutores que, sim, pode estar existindo uma maneira de estar aprendendo a estar parando de estar falando desse jeito.
        Até porque, caso contrário, todos nós vamos estar sendo obrigados a estar emigrando para algum lugar onde não vão estar nos obrigando a estar ouvindo frases assim o dia inteirinho.       

        Sinceramente: nossa paciência está ficando a ponto de estar estourando. O próximo “Eu vou estar transferindo a sua ligação” que eu vá estar ouvindo pode estar provocando alguma reação violenta da minha parte. Eu não vou estar me responsabilizando pelos meus atos.
        As pessoas precisam estar entendendo a maneira como esse vício maldito conseguiu estar entrando na linguagem do dia-a-dia.
        Tudo começou a estar acontecendo quando alguém precisou estar traduzindo manuais de atendimento por telemarketing. Daí a estar pensando que “We’ll be sending it tomorrow” possa estar tendo o mesmo significado que “Nós vamos estar mandando isso amanhã” acabou por estar sendo só um passo.
        Pouco a pouco a coisa deixou de estar acontecendo apenas no âmbito dos atendentes de telemarketing para estar ganhando os escritórios. Todo mundo passou a estar marcando reuniões, a estar considerando pedidos e a estar retornando ligações.
        A gravidade da situação só começou a estar se evidenciando quando o diálogo mais coloquial demonstrou estar sendo invadido inapelavelmente pelo gerundismo.
        A primeira pessoa que inventou de estar falando “Eu vou tá pensando no seu caso” sem querer acabou por estar escancarando uma porta para essa infelicidade linguística estar se instalando nas ruas e estar entrando em nossas vidas.
       Você certamente já deve ter estado estando a estar ouvindo coisas como “O que cê vai tá fazendo domingo?” ou “Quando que cê vai tá viajando pra praia?”, ou “Me espera, que eu vou tá te ligando assim que eu chegar em casa”.
        Deus, o que a gente pode tá fazendo pra que as pessoas tejam entendendo o que esse negócio pode tá provocando no cérebro das novas gerações?
        A única solução vai estar sendo submeter o gerundismo à mesma campanha de desmoralização à qual precisaram estar sendo expostos seus coleguinhas contagiosos, como o “a nível de”, o “enquanto”, o “pra se ter uma idéia” e outros menos votados.
        A nível de linguagem, enquanto pessoa, o que você acha de tá insistindo em tá falando desse jeito?”
Ricardo Freire

Este post tem o único intuito de estar me reanimando para estar recomeçando a escrever novamente, pois estar escrevendo é uma das coisas que podem estar nos gratificando muito.

2011 FORMULA 1 ETIHAD AIRWAYS ABU DHABI GRAND PRIX

Não assisti a classificação, pra falar a verdade estou uma negação na cobertura da Fórmula 1, a Correria da faculdade não me permite postar tudo quanto gostaria.

Não gosto da corrida de Abu Dhabi, é uma pista ridícula, que só foi feita para torrar o petróleo daqueles lados, mas fazer o quê? Quem paga mais manda né?

Pra variar um pouco, Vettel é pole novamente seguido das McLarens:

Pos Num Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Voltas
1 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 1:40.478 1:38.516 1:38.481 16
2 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:39.782 1:38.434 1:38.622 15
3 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 1:40.227 1:39.097 1:38.631 14
4 2 Mark Webber RBR-Renault 1:40.167 1:38.821 1:38.858 19
5 5 Fernando Alonso Ferrari 1:41.380 1:39.058 1:39.058 16
6 6 Felipe Massa Ferrari 1:41.592 1:39.623 1:39.695 20
7 8 Nico Rosberg Mercedes 1:41.120 1:39.420 1:39.773 17
8 7 Michael Schumacher Mercedes 1:42.605 1:40.554 1:40.662 18
9 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:40.595 1:40.205 1:40.768 17
10 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 1:41.064 1:40.414 No time 15
11 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 1:41.311 1:40.874 18
12 10 Vitaly Petrov Renault 1:40.955 1:40.919 18
13 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 1:41.737 1:41.009 15
14 9 Bruno Senna Renault 1:41.391 1:41.079 15
15 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 1:41.386 1:41.162 16
16 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 1:41.613 1:41.240 17
17 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 1:42.258 1:41.760 13
18 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1:42.979 11
19 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 1:43.884 11
20 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 1:44.515 9
21 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 1:44.641 9
22 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 1:44.699 8
23 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 1:45.159 8
24 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth No time 0
Q1 107% Time 1:46.766

Wheldon, Daniel Clive

Daniel Clive Wheldon, Inglês nascido em Emberton no dia 22 de junho de 1978, piloto da IndyCar Series, morreu hoje aos 33 anos de idade ao sofrer um grave acidente na etapa de Las Vegas.

O acidente envolveu 15 carros, é difícil explicar o que realmente aconteceu, alguém rodou, alguns pilotos que vinham atrás por causa da desaceleração repentina perderam o controle e rodaram também, Dan Wheldon foi o último dos que se chocaram na traseira de outro carro e decolou, mas ele foi mais alto e seu carro virou no ar e se chocou contra a grade de proteção, atingindo a cabeça do piloto em cheio. Ele chegou a ser levado para o hospital mas não resistiu aos ferimentos.

A organização da prova, que já havia ordenado a bandeira vermelha para limpeza da pista, ao saber da notícia anunciou o fim da corrida, e para homenageá-lo foram dadas cinco voltas no circuito com os pilotos em formação e em baixa velocidade. Wheldon era convidado para esta corrida, e concorria ao prêmio de dois milhões e meio de dólares e também foi vencedor das 500 Milhas de Indianápolis deste ano.

Abaixo o vídeo que mostra o acidente:

2011 FORMULA 1 KOREAN GRAND PRIX

E hegemonia da Red Bull foi quebrada, final menta não vemos um carro azul na primeira posição. Grande coisa, agora que os azuis já têm o título, não importa mais quem vai largar na frente.

Achei a classificação fraca, talvez pela definição do título,o treino não teve o brilho habitual. Os Brasileiros não foram bem, Barrichello ficou no Q1, vai largar em 18º. Bruno Senna não fez uma boa volta no Q2 e larga em 15º, o melhorzinho foi Felipe Massa que vai largar à frente de Alonso novamente, acho que não faz diferença, provavelmente o espanhol termina na frente. o Pole desta vez é Lewis Hamilton, Vettel é o segundo e Button o Terceiro

O grid para amanhã, a largada será às 4h:

Pos Num Piloto Equipe Q1 Q2 Q3 Voltas
1 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:37.525 1:36.526 1:35.820 14
2 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 1:39.093 1:37.285 1:36.042 12
3 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 1:37.929 1:37.302 1:36.126 14
4 2 Mark Webber RBR-Renault 1:39.071 1:37.292 1:36.468 11
5 6 Felipe Massa Ferrari 1:38.670 1:37.313 1:36.831 16
6 5 Fernando Alonso Ferrari 1:38.393 1:37.352 1:36.980 11
7 8 Nico Rosberg Mercedes 1:38.426 1:37.892 1:37.754 12
8 10 Vitaly Petrov Renault 1:38.378 1:38.186 1:38.124 19
9 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 1:38.549 1:38.254 ——— 16
10 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:38.789 1:38.219 ——— 14
11 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 1:39.392 1:38.315 11
12 7 Michael Schumacher Mercedes 1:38.502 1:38.354 9
13 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 1:39.352 1:38.508 11
14 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 1:39.464 1:38.775 13
15 9 Bruno Senna Renault 1:39.316 1:38.791 14
16 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 1:39.436 1:39.189 8
17 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 1:39.097 1:39.443 14
18 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1:39.538 4
19 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1:40.522 6
20 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 1:41.101 6
21 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 1:42.091 7
22 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 1:43.483 8
23 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 1:43.758 8
DNQ 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth ———- 2
Q1 107% 1:44.351

 

Gp do Japão

Não foi a melhor das corridas que já assisti, tanto que não fiz questão de assistir até o final, precisei desligar a TV na metade da corrida. As últimas voltas acompanhei pela transmissão da Globo CBN no rádio.

O resultado já era óbvio, Vettel seria bi sem problemas, já que precisava de apenas um ponto para consagrar-se. E ele conseguiu, é o mais jovem bicampeão da história da categoria aos 24 anos de idade.

Apesar dos pesares a corrida de Button foi muito boa, fez uma prova conservadora, e quando foi exigido, mostrou o quanto o carro da McLaren estava bem no final de semana e cravou a  melhor volta da corrida quando restavam apenas duas voltas para a bandeirada.

Com Vettel sendo bi, a atenção passa para Button e Alonso que brigam pelo vice.

Simplesmente Ray!

Hoje é aniversário de um dos gigantes do Jazz.

Trata-se de Ray Charles, um dos maiores Jazzistas de todos os tempos, de um tempo onde o padrão musical estava em um nível tão alto, que talvez nunca mais o alcançaremos, numa época onde a música era tocada com o coração, e não com o bolso, uma época onde não haviam partituras para seguir, e, apesar de outros problemas sociais, a liberdade era demostrada muito claramente.

Eu, junto com outros trompetistas, sonhamos em tocar em uma boa banda de Jazz, tocar músicas como esta no vídeo, e não há nada como aprender com Ray Charles:

(por um erro no link o video não tinha sido publicado, agora está tudo certo!)

Ajude a plantar uma Árvore!

No mundo atual, muitas ideias são postas à mesa e o tema do momento é a sustentabilidade, mesmo assim muitas ideias notáveis não recebem o valor que merecem, e quando saem do papel são pouco divulgadas.

O site Eco4Planet, juntamente com o Google Brasil, estão utilizando o site de buscas para plantar árvores. Funciona da seguinte maneira:

  • Cada acesso ao site Eco4Planet.uol.com.br gera um pulso para o contador;
  • O contador inicia-se sempre em 50 mil;
  • Toda vez que o contador chegar a zero, uma árvore será plantada pela Eco4planet.
Eu apoio esta ideia, por isso, está disponível um Banner para acesso direto ao site na nossa barra lateral.
Até a publicação deste post, 596 árvores já foram plantadas e o contador atual indica 17127 acessos para o próxima árvore.

FORMULA 1 GRAN PREMIO SANTANDER D’ITALIA 2011

Aconteceu neste fim de semana, não assisti a corrida inteira, por isso é difícil comentar algo, mas assisti o suficiente para dizer que foi ótima.

Primeiro, fiquei feliz ao ver a classificação de Bruno Senna, décimo colocado, isso porque economizou seus pneus e não marcou tempo no Q3, a corrida prometia. Quando acordei no domingo, corri para  checar o Live Timing, pois a corrida já havia começado, vi o Bruno no fim da fila com uma parada e já pensei que ele teria se envolvido em algum acidente na largada novamente, mas ao ligar a TV, vi que na verdade foi uma estratégia, e uma ótima estratégia, diga-se.

Outro espetáculo foi ver a briga de Schumacher e Hamilton, não sei porque o carro do inglês não passava dos 330 km/h, exatamente a mesma velocidade do alemão, a asa móvel não adiantava nada, e quando Hamilton conseguiu ultrapassá-lo, Schumacher contornou melhor a curva e retomou a posição. Isso perdurou até algumas voltas após a primeira rodada de Pit Stops.

Assim que Lewis Hamilton passou Schumacher, precisei sair e só fiquei sabendo resultado algumas horas depois:

Pos No Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pts
1 1 Sebastian Vettel RBR-Renault 53 1:20:46.172 1 25
2 4 Jenson Button McLaren-Mercedes 53 +9.5 secs 3 18
3 5 Fernando Alonso Ferrari 53 +16.9 secs 4 15
4 3 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 53 +17.4 secs 2 12
5 7 Michael Schumacher Mercedes 53 +32.6 secs 8 10
6 6 Felipe Massa Ferrari 53 +42.9 secs 6 8
7 19 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 52 +1 Lap 18 6
8 15 Paul di Resta Force India-Mercedes 52 +1 Lap 11 4
9 9 Bruno Senna Renault 52 +1 Lap 10 2
10 18 Sebastien Buemi STR-Ferrari 52 +1 Lap 16 1
11 12 Pastor Maldonado Williams-Cosworth 52 +1 Lap 14
12 11 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 52 +1 Lap 13
13 20 Heikki Kovalainen Lotus-Renault 51 +2 Laps 20
14 21 Jarno Trulli Lotus-Renault 51 +2 Laps 19
15 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 51 +2 Laps 21
NC 22 Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 39 +14 Laps 23
Ret 17 Sergio Perez Sauber-Ferrari 32 Gearbox 15
Ret 16 Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 21 Gearbox 17
Ret 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 9 Steering 12
Ret 2 Mark Webber RBR-Renault 4 Accident 5
Ret 25 Jerome d’Ambrosio Virgin-Cosworth 1 Gearbox 22
Ret 10 Vitaly Petrov Renault 0 Accident 7
Ret 8 Nico Rosberg Mercedes 0 Accident 9
Ret 23 Vitantonio Liuzzi HRT-Cosworth 0 Accident 24

Vettel em primeiro, não é novidade. Schumacher em quinto é inusitado, considerando a situação que se encontra a Mercedes, o destaque mesmo foi para os quatro últimos a pontuar, Alguersuari, di Resta, Bruno Senna e Buemi fizeram bonito, especialmente o brasileiro, que com esse resultado pode abrir muitas portas, basta manter esse desempenho nas próximas seis corridas do campeonato e o contrato estará assinado.

Giuseppe Farina, o primeiro campeão da Fórmula 1

Em 3 de setembro de 1950, Giuseppe Farina se tornava o primeiro Campeão Mundial da Fórmula 1.Há 61 anos, Giuseppe Antonio Farina, nascido em 30 de outubro de 1906 na cidade de Turim, vencia o Grande Prêmio de Monza, na recém criada Fórmula 1, tornando-se o primeiro campeão da categoria. Naquele ano a Alfa Romeo dominou o campeonato, das sete corridas disputadas venceu seis, três com Farina e três com Juan Manoel Fangio.

Giuseppe morreu aos 59 anos de idade, em 30 de junho de 1966, num acidente fora das pistas.