Campeonato Paulista de Automobilismo agora faz parte do calendário da Cidade!

Na última quarta feira, dia 15, em uma reunião entre os representantes da administração de São Paulo, da SpTuris e representantes do automobilismo, uma decisão muito importante para o automobilismo paulista:  O Campeonato Paulista agora fará parte do calendario oficial da cidade de São Paulo!

Acabou o sofrimento de ter corridas canceladas por causa de eventos no autódromo, acabou a incerteza que os pilotos tinham quando nao sabiam realmente se conseguiriam correr naquele final de semana. Todas as dez etapas de 2013 estão com datas garantidas mediante contrato, além de um treino livre por semana.

 

Anúncios

Wracaj do Zdrowia, Kubica! (4) – Reconstituição da Batida

Esta semana a Skoda reconstituiu o acidente de Robert Kubica no começo do ano.

No estilo Crash Test, em que o carro é impulsionado por um trilho, lançaram um Skoda similar ao que o Polonês pilotava no dia do acidente em direção ao Guard-Rail, e conseguiram reproduzir muito bem a plástica do acidente, incluindo o estrago feito na dianteira do carro e nos bancos dianteiros.

O que me preocupa é que, guardada as devidas proporções, o Guard-Rail não adianta muita coisa, tenho a impressão que até piora o acidente, pois ele corta com muita facilidade a estrutura do carro. Ou o Skoda é muito fraco, o que eu duvido.

Li no Grande Prêmio.

Papai Babão

Com o perdão da palavra, este é um dos adjetivos comentados no álbum do Eduardo Furlanetto, piloto da Itaipava GT Brasil, no Facebook. Isso porque ele postou esta foto, uma homenagem à sua filha Sophia, que está prestes a vir ao mundo.

Segundo o próprio Furlanetto:

“A idéia é que eu tivesse esquecido em casa e ela tivesse “pintado” pro papai!!!”

É a pintura de capacete mais criativa que eu já vi, não sei se é  porque gosto de crianças, mas sei que o Furlanetto mandou muito bem!

Parabéns, Furla!

Kunze; Paulo.

E lá se vai mais uma vítima do Automobilismo Nacional, a terceira no autódromo de Interlagos. A vítima, desta vez, foi o veterano Paulo Kunze, de 67 anos, que corria na Stock Light.

O acidente aconteceu na Curva do Sol, no último domingo, o carro capotou e Kunze foi levado ao hospital com traumatismo craniano,  ontem  sua morte foi confirmada pelo Hospital Alvorada.

Vá em Paz!

Por Falar em Acidentes…

Baseado nas discussões que li após o acidente da Copa Montana, sobre a segurança dos carros desta categoria, achei legal publicar um vídeo que assisti enquanto procurava o video do acidente. Nele, um narrador, em inglês, conta os itens de segurança que foram adicionados aos veículos da Nascar ao longo dos anos, e mostra os acidentes que motivaram tais mudanças.

O último item apresentado foi o “carro de amanhã”, ou algo do tipo, trata-se dos carros que são usaos atualmente, e conta que duvidavam da resistência do carro, até o acidente de Michael McDonnel, na classificação para o GP do Texas de 2008, que acredito ter sido mais grave do que o de Sondermann, e o piloto saiu andando.

Acho que já está na hora de repensarmos o nosso padrão de segurança no automobilismo Nacional.

Sondermann; Gustavo.

Hoje a subida do café, em Interlagos, fez mais uma vítima, a segunda no ano, desta vez  foi Gustavo Sondermann, piloto da Copa Montana.

Gustavo Sondermann (Foto: Blog do Gomes)

Gustavo Sondermann (Foto: Blog do Gomes)

O acidente aconteceu na quarta volta da corrida deste domingo, a pista estava molhada e a visibilidade a zero, tanto que, no vídeo da batida é impossível ver o que realmente aconteceu. Sondermann rodou e Pedro Boesel o acertou em cheio, dividindo o carro ao meio. No acidente, Boesel quebrou a clavícula direita e cortou a parte inferior da perna, mas passa bem.

O carro após o Acidente (Foto: Felipe Vieira/Velocidade Sul)

O carro após o Acidente (Foto: Felipe Vieira/Velocidade Sul)

Gustavo era companheiro de equipe de Rafael Sperafico quando o mesmo morreu num acidente na mesma curva há três anos e meio, em 2007. Ele parte aos 29 anos… Vá em Paz!

Atualizando: Segundo relatos do Jornalista Octavio Muniz, via Twitter, foram pelo menos cinco batidas:

“Acabo de ver em DVD o acidente quadro a quadro. Conclusões baseado no que DÁ PRÁ VER na imagem da REDETV, que diga-se, é a única possível, Gustavo leva, no mínimo, 5 pancadas. Não se pode precisar se bateu no muro ou não. Quem atinge ele no meio é Pedro Boesel, quem o arrasta por mais de 50/100 metros é o Marcelo Cesquim, que bate do lado dele, não dá prá saber se na porta exatamente, Tomasoni é quem lhe arranca a traseira toda. Tiago Geronimi é quem toca no GS quando começa toda a confusão. Repito que teve batida dos 2 lados, num replay se vê a porta do motorista intacta, diferente da do passageiro que está em pedaços. Foi isso que pude apurar vendo os detalhes quadro a quadro no DVD. Creiam que é a mais pura retratação dos fatos. O resto será especulação!”

WTCC em Interlagos

No dia 20 de março de 2011, será realizado a primeira etapa do Campeonato Mundial de Turismo, o WTCC, em Interlagos, inédita no circuito. Houve um acordo com a Stock Car, que diz ter a intenção de fazer uma categoria parecida no Brasil, então eles correrão no mesmo final de semana para promover a categoria.

O Autódromo de Curitiba, que sediava a etapa até este ano, vai ficar na espera, pois o HSBC, que bancava o evento retirou o patrocínio e Augusto Farfus não corre mais na categoria por causa da saida da BMW. A Stock Car corre pela manhã e o WTCC corre à tarde, eu espero conseguir assistir esse show!

500km de Interlagos

(Foi difícil escolher as fotos…) Neste domingo tive o prazer de assistir à prova dos 500km de Interlagos, corrida tradicional, mas pouco divulgada. É triste ver o autódromo vazio em uma prova tão boa como essa.

Grid de Largada (Foto: Rafael Gaspar/Gasparov Images)

Quem foi lá, viu. Dentre os 22 carros que largaram, haviam 4 Ferraris, duas F430 e duas Modena, 2 Lamborghinis Gallardo, um Dodge Viper, um Audi R8, um Maserati e um Volvo, além dos protótipos e dos carros “simples”, como o Volkswagen Gol, o Chevrolet Omega, o Peugeot 207 e o Chevrolet Vectra GT. A maioria corre no Campeonato Paulista de Automobilismo.

Disputa entre Porsche 911, Audi R8 e Lamborghini Gallardo no início da corrida. (Foto: Rafael Gaspar/Gasparov Images)

Por cima, vendo os carros presentes, pode-se perceber que a prova não é brincadeira, e não é mesmo, após 117 voltas disputadas e em pouco mais de três horas de prova, a diferença do vencedor para o segunfo colocado foi de apenas oito décimos de segundo, 0,8s, sendo que o primeiro só chegou à liderança seis voltas antes do final da prova.

Disputa pela Liderança, 6 voltas para o final da prova. (Foto: Rafael Gaspar/Gasparov Images)

E não foi só a briga pela ponta que valeu a pena, além da emoção de ver (e ouvir) todos esses carros supracitados, juntos, “rasgando a reta”, a corrida foi marcada por várias disputas no meio do pelotão, um show. Quem não foi, ou não ficou sabendo, perdeu muito, pois, até onde eu sei, a entrada era gratuita.

BMW faz sua parada. (Foto: Rafael Gaspar/Gasparov Images)

Os vencedores da prova foram a dupla Chico Longo/Daniel Serra, de Ferrari F430, seguido do trio Max Wilson/Nonô Figueiredo/Marcel Visconde, de Porsche 911 e Xandy Negrão/Andreas Mattheis/Xandinho Negrão de Audi R8.