GP da Itália (3)

Parabéns para a Ferrari! arranjado ou não, conseguiu seu melhor resultado na temporada.

Largada em Monza (Foto: Sutton Images)

Fernando Alonso largou na frente mas logo perdeu a posição para Jenson Button, que tinha a curva ao seu favor.  Felipe Massa surpreendeu o companheiro de equipe, dividindo as primeiras curvas e quase conseguindo a ultrapassagem. Lewis Hamilton tentou se aprovitar da situação e acabou por sofrer um toque do carro de Felipe Massa que danificou sua suspensão, fim de corrida para o inglês, que passou reto na curva seguinte.

Hamilton ao quebrar a suspensão (Foto: Sutton Images)

Após a primeira volta, os três primeiros andavam na mesma balada, brigando apenas pelas voltas mais rápidas. Até a  parada de Button, a emoção da corrida estava no pelotão de trás, com as Force India abrindo caminho entre os concorrentes. Na aproximação da volta 37º, Fernando Alonso se aproximou de Button e poderia até tentar uma ultrapassagem, mas Button entrou no box, deixando pista livre para o espanhol que conseguiu abrir um bom tempo para o inglês e com a ajuda do pit stop da Ferrari saiu na frente. A partir daí foi só administrar, Alonso abriu cerca de 3s até cruzar a linha de chegada para vitória.

Fernando Alonso volta à frente de Jenson Button (Foto: Sutton Images)

Sebastian Vettel, o quarto colocado, estava sofrendo com problemas no motor desde a metade da corrida e só fez sua parada quando Alonso abriu a última volta, atitude arriscada, mas deu certo, assegurou-se no quarto posto. Mark Webber não fez uma boa corrida, e terminou apenas em sexto. Barrichello foi o décimo.

Destaque para os “Nicos”, Nico Rosberg terminou em quinto e Nico Hulkenberg em sétimo, sua segunda melhor posição no campeonato.

Pos No Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pts
1 8 Fernando Alonso Ferrari 53 1:16:24.572 1 25
2 1 Jenson Button McLaren-Mercedes 53 +2.9 s 2 18
3 7 Felipe Massa Ferrari 53 +4.2 s 3 15
4 5 Sebastian Vettel RBR-Renault 53 +28.1 s 6 12
5 4 Nico Rosberg Mercedes GP 53 +29.9 s 7 10
6 6 Mark Webber RBR-Renault 53 +31.2 s 4 8
7 10 Nico Hulkenberg Williams-Cosworth 53 +32.8 s 8 6
8 11 Robert Kubica Renault 53 +34.0 s 9 4
9 3 Michael Schumacher Mercedes GP 53 +44.9 s 12 2
10 9 Rubens Barrichello Williams-Cosworth 53 +64.2 s 10 1
11 16 Sebastien Buemi STR-Ferrari 53 +65.0 s 14
12 15 Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 53 +66.1 s 19
13 12 Vitaly Petrov Renault 53 +78.9 s 20
14 22 Pedro de la Rosa BMW Sauber-Ferrari 52 +1 Volta 16
15 17 Jaime Alguersuari STR-Ferrari 52 +1 Volta 15
16 14 Adrian Sutil Force India-Mercedes 52 +1 Volta 11
17 24 Timo Glock Virgin-Cosworth 51 +2 Voltas 24
18 19 Heikki Kovalainen Lotus-Cosworth 51 +2 Voltas 18
19 20 Sakon Yamamoto HRT-Cosworth 51 +2 Voltas 23
20 25 Lucas di Grassi Virgin-Cosworth 50 +3 Voltas 21
Ret 18 Jarno Trulli Lotus-Cosworth 46 Câmbio 17
Ret 21 Bruno Senna HRT-Cosworth 11 Hidráulico 22
Ret 2 Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 0 Acidente 5
Ret 23 Kamui Kobayashi BMW Sauber-Ferrari 0 Câmbio 13

Com o Resultado, Fernando Alonso volta à disputa do título e o campeonato fica um pouco mais embolado, a diferença entre o quinto, Sebastian Vettel e o Líder, Mark Webber é de apenas 24 pontos.

A Fórmula 1 volta no dia 26 de setembro, com o grande Prêmio de Cingapura, a corrida noturna.

Anúncios

2 comentários em “GP da Itália (3)

  1. Pelo menos com esse bolo la na frente o campeonato vai ter um pouco de emoção, pois ultimamente está muito “CHOCHO”… Hauhauh

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s